Atendimento 24h - 0800 007 4141
Voltar

Blog


Porquê Morremos? Parte 2

 

 

6. O cão adormecido

É um mito dito pelo povo Luba da África Central. Segundos eles, no começo da criação da Terra, eles tinham um Deus chamado Kalumba. Ele cirou os primeiros humanos (um macho e uma fêmea) e esses por sua vez começaram a povoar o mundo.

Kalumba mantinha a Vida e a Morte amarradas a um poste, mas sabia que ambos tentariam se libertar.

O Deus então contou com a ajuda de dois animais, uma cabra e um cão, para que eles vigiassem a Vida e a Morte, sabendo que apenas a Vida poderia passar. Porém os animais não se davam bem e brigavam o tempo todo. A cabra, após uma das brigas, virou as costas e foi-se embora ofendida.

O cão adormeceu e a Morte aproveitou para fugir. Quando a cabra descobriu, ficou furiosa e amaldiçoou o cão. Ela decidiu ficar acordada a noite toda para demonstrar como deveria ter sido feito, mas já era tarde de mais. A Morte já havia ganhado sua liberdade.

 

7. A hiena e a corda para o Céu


O povo Nuer, da fronteira do Sudão do Sul com a Etiópia, reverenciada um Deus onipresente chamado Kwoth.

Tal Deus morava no Céu e mantinha uma corda que permitia que as pessoas ascendessem ao céu depois de uma certa idade para se encontrar com Kwoth. Lá eles tornavam-se jovens novamente e voltavam para a Terra.

Um dia, uma hiena subiu ao Céu. Kwoth, irritado, proibiu que a hiena voltasse à Terra. Irritada, ela decidiu escapar, cortando a corta para que não fosse seguida. Desse modo as pessoas que subiam ao Céu não conseguiam mais voltar.

 

8. A traição do irmão


Segundo o povo Tiwi do norte da Austrália, o primeiro homem da Terra era imortal e chamava-se Purukapali. Ele era casado com Bima e tinha 3 filhos. O homem também tinha um irmão chamado Tapara, que possuia uma relação mais íntima com Bima.

Entre os encontros dos dois, Bima deixava seus filhos de lado. Dependendo da versão que ouvir, o filho mais novo de Purukapali ou teria morrido de fome ou queimado de sol devido à negligência da mãe.

Quando Purukapali descobriu, ficou furioso, espancou seu irmão, cobrindo-o de cicatrizes e hematomas, obrigando ele a fugir.

Tapara morreu e tornou-se a Lua (cujas crateras são as marcas de ataque deixadas por Purukapali). Bima também fugiu, sendo perseguida e atormentada por aves, até que se tornou um pássaro também, vagando sem rumo e emitindo seus gritos de angústia.

Purukapali levou seu filho para o fundo do mar, declarou que todos os homens morreriam e nunca mais foi visto.

 

9. O gato esquecido


O mito conta, segundo o povo da Libéria, que o Deus Sno-Nyosa criou o mundo e enviou seus 4 filhos para visitar a Terra. Porém um dia, chamou-os de volta ao Céu, tal pedido foi recusado; os filhos estavam felizes na Terra e não queriam voltar. Mas o Deus não aceitou tal atitudo, sendo assim, chamou as almas dos filhos de volta, deixando seus corpos sem vida na Terra.

Ele continou a fazer isso com as pessoas. Porém a humanidade ficou injuriada com a situação e descobriram que um curandeiro tinha uma poção que trazia os mortos de volta à vida. Para buscar essa poção eles selecionaram um gato.

Voltando com a poção, o gato decidiu tomar um banho no rio, deixou o frasco em um tronco e seguiu rumo ao rio. O gato esqueceu de pegar de volta o frasco e voltou sem nada nas patas para entregar aos humanos.

Todos se enfureceram com o gato, inclusive o curandeiro, desse modo todos foram destinados à morrer.

 


10. O parto reverso


O mito diz que Tane foi um dos primeiros deuses a habitar a Terra. Ele talhou uma mulher do barro e juntos conceberam uma filha, Hine, uma Deusa maori que cuida das almas do submundo.

Tane tomou sua filha como esposa sem avisar-lhe que era seu pai. Quando Hine descobriu, ficou tão envergonhada, que fugiu. Tane tentou seguí-la, mas ela disse para ele ficar e cuidar dos filhos.

Os filhos de Tane e Hine foram considerados os primeiros humanos. No entanto, todos ainda eram mortais.

Era necessário que um herói matasse a Deusa ancestral e a única maneira de fazer isso era voltar para dentro de Hine e sair pela boca da Deusa, desse modo, um parto reverso.

Um jovem se ofereceu para a tarefa, seu nome era Maui. Algumas versões dizem que ele entrou na forma humana, outras contam que ele se transformou em um verme.

Os pássaros ao verem Maui subindo pelas pernas da Deusa, começaram a rir histericamente, despertando a Deusa. Ela se assustou e esmagou Maui e desse modo a chance de imortalidade foi totalmente perdida.

 

 

Fonte: Mega Curioso


Cadastrado em: 04/07/2019

Matriz Salgueiro PE

Rua Francisco de Sá, 111
Santo Antônio - PE
Telefone: (87) 3871-1183

Promoção SAF Premiado

Certificado de Autorização
Regulamento

Polo Petrolina PE

Avenida das Naçoes, 131
Centro - PE
Telefone: (87) 3861-2956

Polo Feira de Santana BA

Centro de velório Noide Ferreira
de Cerqueira, 4044, Bairro Sim
Telefone: (75) 3626-0585

Polo Paulo Afonso BA

Avenida Otaviano Leandro
de Morais, 641B, Centro - BA
Telefone: (75) 3281-9852
Copyright© 2019 - Rede SAF Todos os Direitos Reservados